aguia

relogio

palavras

- FAÇA COMO AS ÁGUIAS Quando as tempestades da vida Surgem escuras à minha frente, Me recordo de maravilhosas palavras Que uma vez eu li. E digo a mim mesmo: Quando pairarem nuvens ameaçadoras, Não dobre suas asas E não fuja para o abrigo. Mas, faça como a águia, Abra largamente as suas asas E decole para bem alto, Acima dos problemas que a vida traz. Pois a águia sabe Que quanto mais alto voar, Mais tranqüilos e mais brilhantes Tornam-se os céus. E não há nada na vida Que Deus nos peça para carregar Que nós não possamos levar planando Com as asas da oração. E ao olhar para trás Verá que a tempestade passou, Você encontrará novas forças E ganhará coragem também. A paz do senhor !!

Seguidores

cabecinha

AMIGOS CURTI ESSA PAGINA NO FACEEBOK DEUS TE ABENÇOE

terça-feira, 24 de julho de 2012

Ficha da Águia-real

Águia-real
Ficha da Águia-real
Tamanho: 76 cm – 90 cm
Comprimento: 1m 90 – 2m 27
Peso: 4 Kg (machos) – 6 kg (fêmeas)
Tempo Médio de Vida: 45 anos
A Águia-real é a maior espécie de Águia que se pode encontrar na Europa. A sua plumagem é castanha escura. Apenas a parte superior da cabeça e a nuca são de um tom mais claro (castanho claro a amarelo dourado). A sua cauda é escura com a base mais clara. As suas asas também são escuras apesar de encontrarmos exemplares com amarelo dourado. A ponta do seu bico é preto, as suas patas amarelas e os olhos castanhos-escuros. Os exemplares mais novos são castanhos-escuros com manchas brancas, com uma cauda branca e uma franja ampla e preta. A fêmea é maior que o macho.
Em pleno voo, a Águia-real distingue-se pelas suas grandes asas com as extremidades ligeiramente enroladas para acima e pela sua cauda ligeiramente arredondada. A sua cabeça é amplamente visível. Podemos encontrar exemplares deste tipo de águia na Europa, Ásia, dos Estados Unidos até ao México e desde o Norte de África até ao Saara. Os exemplares da Europa emigram para o Sul no Inverno. Esta águia pode viver mais de 30 anos.
A Águia-real pode voar durante muitas horas em espiral sem fazer qualquer tipo de esforço. Desta forma, ela patrulha o seu território incansavelmente. Ao descoberto ou em surpresa (contra o sol), uma vez que tenha encontrado a sua presa, a Águia-Real dobra as suas asas e lança-se até ela. Agarra as presas com as suas garras fortes e afiadas e a arrasta-a várias dezenas de metros antes de a levar. Pode transportar presas de até 5 kg de peso.
As suas quedas vertiginosas chegam a alcançar velocidade de cerca de 300 km/h. Esta águia alimenta-se de pássaros, mamíferos de tamanho médio (marmotas, pequenos ruminantes, lebres e coelhos) e pequenos roedores.
Fotos da Águia-realImagens da Águia-real
Na mitologia, a Águia-real era o pássaro dos deuses. Este pássaro encarna a potência e a glória. É o emblema da cidade de Genebra, da imperatriz Russa, do imperador e do duque da Toscana, do império Austro-húngaro sem esquecermo-nos de Napoleão e de Napoleão III. Mas nem tudo são louros para este animal. Também foi acusado de ser ladrão de crianças, de roubar, … A Águia-real causou muito medo na antiguidade e por isso era perseguida. Mas felizmente hoje essas crenças desapareceram e a Águia-real reapareceu nos nossos céus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário